Blog do Benri

Fique por dentro do que acontece no setor sucroenergético e tenha acesso a materiais exclusivos.

  • Home
  • Blog
  • Renovabio: um programa de sucesso

Renovabio: um programa de sucesso

             

              O programa RenovaBio, apesar de seus desafios, segue surpreendendo a todos.  A começar pelo prazo recorde de desenvolvimento e implementação, pouco mais de um ano, a partir da data de promulgação da Lei nº 13.576/2017, o que só foi possível devido ao trabalho brilhante conduzido pela equipe técnica do RenovaBio e da Agência Nacional do Petróleo (ANP).

              Posteriormente, o programa surpreendeu com o volume de adesão das unidades produtoras de biocombustíveis, que até a última relação divulgada pela ANP no dia 28 de julho de 2020, somavam 222 unidades certificadas, 3 vezes mais do que a quantidade de usinas de cana-de-açúcar certificadas no padrão Bonsucro atualmente (72), por exemplo.

              Mais recentemente, o programa vem surpreendendo, e se reafirmando, com o crescimento do mercado de CBIOS, os quais, por sua vez, vêm sendo gerados praticamente em escala geométrica. A Figura 1 mostra que desde o final mês de abril até o final de agosto foram gerados mais de 7 milhões de CBIOS, de acordo com os dados da B3.

Figura 1: Quantidade total de CBIOS emitidos.

Fonte: Dados da B3 do dia 04/09/2020. Elaboração do autor.

Na data de elaboração deste artigo, estão listados na B3 7.570.224 de CBIOS, dos quais 7.159.687 (94,58%) permanecem em controle das unidades emissoras, 376.853 (4,98%) em controle das partes obrigadas, isto é, das distribuidoras, e 33.684 (0,44%) em controle de partes não obrigadas. Além disso, dados da ANP, do dia 2 de setembro, mostram que 7.801.350 de CBIOS foram lastreados, o que equivale a cerca de 54% da meta de 2020 estabelecida pelo MME de 14,53 milhões.

Ainda que a quantidade de CBIOS adquirida pelas distribuidoras seja pequena em relação ao montante emitido e à meta estabelecida, as negociações pelo ativo ambiental vêm ocorrendo quase diariamente e de forma crescente. Quando analisamos a média de negociações diárias, por exemplo, no mês de junho ela foi de aproximadamente 2 negociações, em julho esse número subiu para 8 negociações, em agosto para 10 negociações e em setembro, considerando somente até o dia 3, essa média já chega a 17 negociações.

Quando avaliamos o total negociado de CBIOS, a perspectiva também é de crescimento, conforme demonstrado na Figura 2 abaixo. Enquanto no mês de julho ocorreram 110 negociações, no mês de agosto esse número chegou a 187 e no mês de setembro, em apenas 3 dias, ocorreram 52 negociações. Cabe destacar que o valor total negociado já chega a mais de 14 milhões de reais.

Figura 2: Total de negociações de CBIOS e valor total negociado.

 Fonte: Dados da B3 do dia 04/09/2020. Elaboração do autor.

Sendo assim, mesmo com todos os desafios, envolvendo principalmente a questão tributária, a meta e a oferta dos CBIOS; os dados avaliados mostram que o programa RenovaBio vem se reafirmando a cada dia. E isso só é possível, graças ao visionarismo da equipe de desenvolvimento do programa, que criou um mecanismo moderno e inédito para indução de eficiência e redução das emissões dos gases causadores de efeito estufa. Restam cada vez menos dúvidas de que o programa RenovaBio é, de fato, um sucesso.

Descubra o Benri

  • Rua Cezira Giovanoni Moretti, 600
  • Jd. Santa Rosa - Piracicaba
  • São Paulo - Brasil - CEP 13.414-157
  • +55 19 3423 9515
  • Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • www.benriratings.com

Receba novidades